22-11-2018

Lançada segunda edição da Revista científica da ABO Nacional

A segunda edição da revista científica da ABO Nacional, espaço para estimular estudos sobre ouvidoria, foi lançada na abertura do XXI Congresso Brasileiro de Ouvidores/Ombudsman, em São Paulo,  com Estudos sobre a atuação das Ouvidorias em instituições brasileiras.

São 26 artigos, em 305 páginas, abordando desde os fundamentos de bioética na atuação de Ouvidoria, conflitos no ambiente de trabalho até a afinidade com a educação corporativa.

Para a presidente da ABO Nacional, Maria Inês Fornazaro, a publicação “demonstra que os ouvidores e a ABO não estão dispostos a ceder ou menosprezar os princípios e fundamentos de justiça social que envolvem seu cotidiano,  buscando nos conflitos e nas contradições o amadurecimento necessário à evolução social”.

A presidente da ABO destaca que atuar com vistas à cultura da paz e do respeito aos direitos humanos, na defesa dos legítimos interesses dos cidadãos é função social do Ouvidor e colabora para uma sociedade mais justa e equilibrada. Esta também é a missão da ABO nacional e suas seccionais.

A diretora de Pequisa e Publicações da Associação, Luciana Bertachini, na apresentação da publicação, enfatiza que “o espaço democrático da Ouvidoria reconhece o cidadão como sujeito de direitos e deveres, que ele, por si, terá a responsabilidade e coerência em, por meio do diálogo, concretizar.”

No âmbito organizacional, Bertachini observa que há certa resistência ao “novo”. No entanto, invariavelmente, com a implantação de novas metodologias de governança e de revisão de posturas comportamentais facilitadas pelas Ouvidorias, é possível o amadurecimento da cultura institucional.

Comentários