19-03-2020

Lições da pandemia


A pandemia de coronavírus nos trouxe uma série de incertezas, tanto do ponto de vista da saúde dos brasileiros, quanto no aspecto econômico. Mas também reforçou a importância da ação do Estado para assistência à saúde da população – em especial os mais de 150 milhões que não têm plano de saúde – e na coordenação de iniciativas para reduzir os danos ao emprego e à renda.

Não sabemos quando teremos um horizonte mais favorável, livres deste Covid-19. Mas já percebemos que as lições que nossos pais e avós nos ensinavam, sobre solidariedade e cooperação entre as pessoas, voltaram a estar na ordem do dia. Não se vence uma pandemia com egoísmo e estoque de produtos alimentícios e de higiene.

O instituto da ouvidoria tem tudo a ver com esta forma de encarar o mundo. Com a visão de que todos somos corresponsáveis pelo mundo em que vivemos. Não há como melhor o cenário ambiental, combater a desigualdade e aperfeiçoar a educação, a saúde e a segurança sem a participação de todos.

Ouvidores (a) se dedicam, como está explícito no nome de sua função, a ouvir atentamente as demandas dos consumidores, eleitores e contribuintes. Enfim, de todos os cidadãos. E a cobrar providências para os problemas que eles apontam.

Tenho certeza que todos nós estamos aprendendo muito com este período de confinamento no lar, enquanto se aguarda que o coronavírus seja somente mais um desafio vencido pelas autoridades médicas e sanitárias.

Passados estes meses de luta, haveremos de enfocar, novamente, questões que predominam nas agendas das ouvidorias. Que todos tenhamos saúde e lucidez para enfrentá-las adequadamente.

Comentários